terça-feira, 14 de junho de 2016

OS 12 ALIMENTOS DE BAIXA CALORIA QUE SABOTAM SUA DIETA

A maioria das mulheres , se não todas, sonham em ter o corpo ideal , mas poucas conseguem de fato chegar ao tão sonhado objetivo. 



Temos em nosso blog várias dicas/receitas naturais, que podem te ajudar a perder alguns quilinhos e a matadora barriquinha! Se você ainda não viu, clique aqui e confira uma das dicas/recitas.

E hoje vamos falar de alguns vilões, que tendem a atrapalhar a nossa saga, em busca de nosso tão sonhado objetivo e o pior que esses alimentos muita das vezes nos enganam por terem baixas calorias. 

                       


+Mingau de aveia "maromba" da dieta que ajuda a afinar cintura e endurecer o bumbum

+ Suco queima pneu

Falaremos dos 12 alimentos de baixa calorias que se muito consumidos podem se tornar os vilões da sua dieta.

Para a nutricionista Luciana Harfenist, do Rio de Janeiro, o ideal em uma dieta saudável é escolher alimentos que sejam o mais próximo da natureza possível e riscar os outros da lista, por que eles podem prejudicar o seu emagrecimento.


"Quando você quer emagrecer, o ideal é substituir tudo o que têm farinha branca por alimentos mais próximos da natureza. Para emagrecer é preciso comer "comidas de verdade", alimentos mais próximos da natureza possível. Eles limpam o organismo, e ajudam a carregar a gordura para fora." Explica a nutricionista.


Barrinha cereal


Benefício: Rica em fibras melhora o funcionamento intestinal (uma ajuda e tanto para quem decide emagrecer). Mas não adianta caprichar no consumo de barrinhas e esquecer a hidratação. 

Efeito contrário: as fibras ajudam a formar o bolo fecal, mas é preciso tomar muita água para umedecer as paredes do intestino. Do contrário, as fibras vão obstruir o final do intestino, causando prisão de ventre.

Biscoitos Cream-cracker


Benefício: Em dietas, elas são um ótimo substituto para o tradicional pão, porque tem menos calorias (cada unidade de biscoito tem 30 calorias enquanto um pão soma 120 delas). 

Efeito contrário: os biscoitos levam na composição certo teor de gordura para deixá-los mais cremosos e crocantes. Além disso, os biscoitos têm digestão rápida e a fome volta logo.

Frutas secas e oleaginosas


Benefício: elas promovem sensação de saciedade, um benefício e tanto quando há necessidade de controlar o consumo de calorias.

Efeito contrário: muito calóricas, as frutas secas concentram frutose e as oleaginosas têm alto teor gorduroso. Sem controle nas quantidades, elas podem prejudicar a sua dieta. O melhor é fracionar as porções, de acordo com as indicações do rótulo.

Refrigerantes Light, diet e Zero


Benefício: por conterem água na sua composição, eles ajudam a hidratar o organismo.

Efeito contrário: apesar de não terem açúcar e calorias, estas bebidas contêm altas doses de corante,adoçante e sódio que, em excesso, podem provocar doenças, além de não possuírem nenhum valor nutritivo. O gás ainda distende O estômago e faz você comer mais do que habitualmente faria.

Torradas

Benefício: devido à sua textura, a torrada obriga você a mastigá-la mais, aumentando a saciedade.

Efeito contrário: as torradas têm a mesma quantidade calórica de um pão comum e quase nenhum nutriente, elas simplesmente perderam água ao assar. Não se engane na hora de comer e controle o número de fatias consumidas (cada uma tem cerca de 20 calorias).

Iogurte


Benefício: ele melhora o funcionamento do intestino caso seja consumido todos os dias, além de conter cálcio (mineral que ajuda na saúde dos ossos).

Efeito contrário: é uma fonte de gordura de origem animal e engorda se ingerido em grandes quantidades. Prefira a versão desnatada.

Chás


Benefício: em geral, eles têm efeito digestivo e diurético.

Efeito contrário: Mas não dá para exagerar, achando que pode matar a fome entre uma refeição e outra só com uma xícara de chá. As ervas não trazem nutrientes e, especialmente aquelas com ação hepática (como boldo e carqueja), em efeito cumulativo.

Café

Benefício: rico em cafeína, ele ajuda a diminuir a fadiga e tem poucas calorias (use adoçante no preparo). 

Efeito contrário: pode causar hiperatividade e taquicardia se consumido em altas quantidades. A ansiedade, então, pode levar você a comer de forma compensatória, na tentiva de se acalmar.

Requeijão

Benefício: tem alto teor de proteínas e cálcio, além de sabor suave. 

Efeito contrário: o elevado teor de sódio é inimigo não só dos hipertensos, porque pode elevar a pressão arterial, mas de quem combate a retenção de líquidos.

Cream-cheese


Benefício: tem baixo teor de sódio e de gorduras, o que ajuda na dieta. 

Efeito contrário: quem fica muito tempo sem comer vai sofrer ainda mais caso decida introduzir o cream-cheese na dieta. A fórmula tende ao ácido, o que irrita o estômago e pode até desencadear um caso de gastrite.

Adoçantes

Benefício: eles são perfeitos para substituir o açúcar refinado.

Efeito contrário: existe limite para o consumo de adoçantes. Em grandes quantidades, eles promovem o acúmulo de resíduos tóxicos no organismo, levando a uma série de desconfortos como dor de cabeça, enjôo e tontura.

Cereais

Benefício: ricos em fibras alimentares, eles promovem a sensação de saciedade e ajudam no bom funcionamento digestivo e intestinal.

Efeito contrário: o consumo excessivo pode gerar cólicas, flatulência e sensação de irritação estomacal.

+ Salada de broto de alfalfa 

Comam esses alimentos com moderação, se não, podem fazer o efeito contrário , te levando até mesmo a ganhar e não perder seus quilinhos, e faz você ficar se perguntando onde errou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário